Corporação Musical Santo Antônio  

       A Corporação Musical Santo Antônio foi fundada em 1901, embora dados recolhidos situem sua fundação entre 1895-1901. A Corporação é a unidade da "Sociedade Musical Santo Antônio", sendo assim conhecida pelo público por se tratar da banda de música propriamente dita.

Seu fundador foi o Capitão Manoel Pereira da Silva, abastado e progressista imigrante português estabelecido com casa comercial em Alvinópolis e que beneficiou a banda recém-fundada com a compra de todos os instrumentos musicais, além de local provisório para os ensaios, em antiga casa à Praça São Sebastião, no 05. É ponto pacífico que seu primeiro regente foi Artur dos Santos Veloso (1877-1938), que começou sua regência em 1901.

As cores e detalhes da bandeira da Corporação Musical Santo Antônio foram inspirados na bandeira de Portugal, em uma homenagem ao país de origem do fundador da corporação.

No início da corporação, não havia uma diretoria propriamente dita, sendo que a organização ocorreu com o passar do tempo.

De 1910/11 até 1912 a regência passou para o jovem Edmundo Ribeiro (1888 -?). Sobre o período de 1912 até a década de 20 não se sabe ao certo quem exerceu a regência. Zózimo Franca (? -?) esteve à frente da Corporação Musical Santo Antônio desde a década de 20 até o princípio da década de 40, quando veio a substituí-lo Antonio Pantaleão de Faria Neto (1897-?), que regeu até 1949.

Em 30 de julho de 1962 é registrado o Estatuto da Sociedade Musical Santo Antônio, tendo como Presidente Landulfo Linhares Perdigão.

O primeiro uniforme usado pela banda – uma farda branca – foi doado pela Cia. Fabril Mascarenhas, durante a regência de Zózimo Franca, que era funcionário da empresa. Outro uniforme foi na cor cáqui, com botões pretos e quepe.

Os ensaios então eram realizados primeiro na Baixada São Sebastião (antiga Praça Manoel Pereira) e depois no bairro da Fábrica, onde Zózimo Franca residia, e posteriormente realizaram-se na residência do maestro Antonio Pantaleão de Faria Neto, na rua Santo Antônio, no 69. No período seguinte, sem a citação de datas pela inexistência de dados, exerceram a regência:

1 – Geraldo de Freitas (1911-1994), no período em que a SMSA usava os mesmos uniformes mencionados acima;

2 – Eduardo Tereza de Macedo;

3 – Caetano José de Souza, que foi regente até 1960.

Nesta última regência havia diretoria formada, constando dela o José Faustino Gomes (Presidente) e Aristides Faria (Secretário).


  Conheça a segunda página sobre a "Corporação Musical Santo Antônio" ou

Volte para página "Família Pereira da Silva" ou
Volte para página "Turismo e o folclore de Alvinópolis"